Herr Hans Zimmer – The Prince of Egypt

Trilhas Sonoras! Como eu as amo!

Acho que o primeiro contato marcante que tive com as músicas que permeiam filmes, séries, desenhos e games, iniciou-se quando eu tinha uns 13 anos e , enquanto escrevia uma historinha mega tosca sobre aliens e Área 51, colocava Tomb Raider pra rodar no meu player.  As faixas do game me empolgavam e eu rendia bem mais, escrevia bem mais.

Fora a fonte de inspiração que as Soundtracks me proporcionam na hora de elaborar uma fanfic ou os meus manuscritos malucos, quem gosta de cinema é imediatamente arrematado quando aquela trilha marcante toca. Em certos casos, revivemos o frenesi e a nostalgia do momento em que assistimos determinada cena de filme pela primeira vez. Algumas ficam fixas eternamente na cultura pop e mesmo os apreciadores ocasionais de cinema, por exemplo, sabem do que se trata quando são chamados às notas de Psicose, Tubarão e Superman. Difícil encontrar quem não saiba a qual filme essas antológicas trilhas pertençam.

Quando comecei a me empolgar e me importar com as trilhas, houve algumas que me deixaram pasma de verdade. Lembro que escutei todas as faixas de O Código da Vince (é, o filme do nosso saudoso Tom Hanks destrinchador de quadros), alucinada! Eu pirei nela, ouvi até quando não estava escrevendo ou tentando estimular minha criatividade de qualquer outra forma. Logo lançou Batman The Dark Knight e eu novamente me envolvi demais com a sonoridade do filme (tá, eu amo essa trilogia, então tudo que disser dela será uma babação sem ressalvas),e a lista continuou aumentando… Sherlock Holmes, Piratas do Caribe, Gladiador, Inception, Kung Fu Panda… 

A seguir minha nova fase nerd: descobrir e pesquisar quem eram os “caras” que produziam essas músicas. Admirei-me quando a maioria dos nomes me levava a uma pessoa: Hans Zimmer, ou melhor, Maestro Hans Florian Zimmer. E aquela máxima foi posta a prova e reconfirmada — de que os alemães são muito eficientes naquilo que se propõem a fazer. Existem tantos outros compositores, maestros e produtores musicais supremos, e pretendo falar deles aqui, mas se eu fosse abordada e questionada sobre quem é meu compositor de trilhas favorito, responderia confiantemente: Herr Hans Zimmer!

    Vamos ter tempo de sobra para esmiuçar as notas de Zimmer por aqui, e dissecando suas obras, decidi começar com essa trilha que fui atrás logo após perceber que ele era o compositor do meu coração. Ao escuta-la imediatamente foi parar no meu mp4 e embalou a soneca desta que vos escreve, por várias noites.

The Prince of Egypt, o Príncipe do Egito aqui no Brasil, é uma daquelas superproduções que passam na Páscoa, no Natal e em algum outro feriado religioso nacional, normalmente na Rede Globo. Eu curto demais esse desenho e mesmo não sendo religiosa, a narração sobre a saga espiritual de Moises sempre me enche os olhos quando revejo. Da última vez me chamou ainda mais atenção pela magnífica trilha sonora.

the-prince-of-egypt-1-800

Não é novidade que estúdios como a Disney e a DreamWorks sempre capricham em suas produções animadas em matéria musical. Previsivelmente, eles gostam de promover o novo projeto chamando artistas de prestígio para encabeçaram a faixa principal. Em The Prince of Egypt não foi diferente. Mariah Carey e Whitney Houston foram as vozes na música “When You Believe”, da qual, pessoalmente, não me apetece.

Em compensação, mesmo outras faixas cantadas como a belíssima “Deliver Us”, com arranjo de Zimmer, são de arrepiar os pelos da nuca. Adoro quando, unido às interpretações líricas de Ofra Haza — cantora israelita que faleceu dois anos após o lançamento do filme —, o maestro dá asas a imaginação em todo o poder instrumental.

A trilha de The Prince of Egypt funciona como um prolongamento narrativo desta animação, e tudo se encaixa ainda mais no cenário bíblico com a primorosidade de Hans Zimmer.

  Suas faixas musicais:

  1. When You Believe
  2. Deliver Us
  3. The Reprimand
  4. Following Tzipporah
  5. All I Ever Wanted
  6. Goodbye Brother
  7. Through Heaven’s Eyes
  8. The Burning Bush
  9. Playing with the Big Boys
  10. Cry
  11. Rally
  12. The Plagues
  13. Death of The First Born
  14. When You Believe
  15. Red Sea
  16. River Lullaby

Ouça a Trilha Completa

Ouçam! Pasmem! Admirem!

Anúncios

3 comentários sobre “Herr Hans Zimmer – The Prince of Egypt

  1. Neuzimar de Faria disse:

    Oi, Van! Voltando qui, hoje, com mais calma. Gostei muito da ideia de vocês. Parece que vou aprender muito por aqui, a começar agora: estou indo ouvir, pasmar e admirar. Bjos!

  2. Engraçado ler esse artigo, estava escutando aqui algumas faixas e geralmente coloco minhas trilhas sonoras para reproduzi em ordem aleatória e percebi que sou tão apaixonado por soundstracks que as vezes me sinto fora do normal, ao ponto de reconhecer a origem da autoria apenas escutando algumas notas no violino, loucura a parte, mas continuem com o projeto do blog, a proposta é muito boa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s