A Doce Vida Na Úmbria

2014-07-26 14.33.24
Quando conheceu Fernando, Marlena de Blasi deixou para trás sua vida nos Estados Unidos e se mudou para Veneza, a fim de se casar com ele. Em seguida os dois partiram para a Toscana. Agora, novamente tomados pelo espírito itinerante, estão à procura do lar ideal. Depois de muitas buscas, acabam se apaixonando por um apartamento que fica no antigo salão de baile de um palácio medieval em Orvieto, a maior cidade da Úmbria. A negociação do aluguel é rápida, mas, antes que possam se mudar, o apartamento terá que passar por uma grande reforma. Enquanto aguarda, Marlena vai aprender algumas lições importantes sobre a vida na Itália e, mais especificamente, na Úmbria. A primeira delas é que, nesse lugar, as coisas acontecem no seu tempo, não necessariamente conforme o planejado. A segunda é que essa é uma região extremamente apegada às suas tradições e muito resistente aos estrangeiros. Os anos de espera pelo salão de baile – sim, anos! – são marcados pela tentativa de conquistar os vizinhos e encontrar seu lugar entre eles. Para isso, Marlena vai recorrer ao que sabe fazer melhor: cozinhar. Com sua energia e sua capacidade de se encantar pela vida, ela conquistará o coração de pessoas das mais variadas classes sociais – pastores, cozinheiras, comerciantes, condes. E provará que, em volta da mesa e diante de uma boa comida, é possível encurtar as distâncias, superar as diferenças e até acabar com rancores de uma vida inteira

Eu “encontrei” A Doce Vida Na Úmbria por acaso. A sinopse me encantou e a capa me fez lembrar de filmes e livros e histórias sobre a Itália. Mas não sabia que a história era contada pela autora, a Chef Marlena De Blasi. Foi uma grande surpresa quando comecei a ler e descobrir os encantos da Vida na Úmbria. Lançado pela editora Sextante o livro de Marlena, para mim, foi como um poço de aprendizagem, quanto mais se cava, quando mais se aprofunda na leitura, mas lições você aprende com ele.
A história de Marlena é contada através de outros livros também, Mil anos em Veneza e Mil anos na Toscana, todos lançados pela editora Sextante. O livro é em primeira pessoa, tem uma narração bem detalhada sobre todos os momentos de Marlena na Úmbria.
Não vou falar sobre o curso do livro, acho que não preciso fazer isso por esse livro, o que preciso dizer a vocês sobre ele, é que é um livro para quem quer aprender algo, não sobre culinária, ou sobre a Itália, mas sobre a vida, sobre como viver e sobre como o tempo de fazer milagres para uma pessoa. A cada página, a cada história contada no livro eu me senti em um mundo diferente onde as pessoas vivem com o pouco que plantam, que produzem, pessoas que vivem vidas simples e agradecem por isso.
É dificil em um mundo como o nosso acreditar realmente que pessoas se reúnem e fazem jantares coletivos, onde todos ajudam, todos dançam, se divertem e que a vida para eles tem um significado maior do que apenas “Trabalhar para ganhar“. É um algo mais que encanta e que nos mostra que da para perdoar as  pessoas, mesmo que tenhamos sido machucadas por elas. Que diz e mostra que paciência é tudo e mais um pouco.
Talvez seja exagero falar que o livro me mudou, porque ele não fez isso. Eu mudei com o que aprendi com ele, com o que eu entendi do que eu li nesse livro. Acho que todos devem ter um pouco de livros como esse em suas vidas, para refletir, para se apaixonar pela cultura de outro país e pensar seriamente na sua cultura. Ou até mesmo para aproveitar uma boa história. Só tenho mais algo a dizer : Leiam e o livro e enjoy!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s